A Pornografia afeta meu casamento?

Nosso objetivo é elaborar o texto mostrando o prejuízo que tal prática causa no relacionamento, abordando os fatores prejudiciais e fortalecer a ideia do matrimonio idealizado dentro do respeito e amor.

Abordar atitudes que se possa tomar para evitar essa prática fazendo prevalecer o amor pelo cônjuge.

Mulher sendo observada_ vivabemcasada

 

A pornografia afeta meu casamento? – A resposta é:  – Certamente que sim! Afeta não só o casamento, assim como pode vir a afetar os filhos, suas relações sociais e seu trabalho.

Qual será o sentimento que passa pelo coração de uma mulher ao deparar-se com seu marido a assistir vídeos pornográficos? Somente aquelas que já vivenciaram tal situação poderiam dizer o mal que isto representa. Mas, mesmo quem não vive tal situação pode imaginar como a pornografia afeta o casamento.

O que é o vício da Pornografia?

Estudos recentes apontam a prática como um vício que produz no cérebro alterações semelhantes às que afetam os dependentes de drogas. Além disso, caracteriza-se como um estado compulsivo e doentio. A pornografia tem envolvido muitas pessoas. Homens em sua maioria. Mas afeta também as mulheres.

O acesso a este tipo de vídeo veiculado principalmente através da internet é muito fácil. Este é um dos fatores que mais contribui para que o mal se espalhe cada vez mais nos lares. Os vídeos pornográficos podem ser vistos a qualquer hora. Inclusive na TV e pelo celular. Trazendo diversos prejuízos morais, sociais e físicos às famílias.

Provoca separações, divórcios, infidelidades, relações mentirosas. Mas, não é só isso. O homem sujeito a este vício passa por males psíquicos que levam a danos diversos.   Sem contar que pode provocar a perda de emprego e outras dificuldades no trabalho.

É apenas um clique. Ato que leva apenas uma fração de segundos. Mas direciona a um verdadeiro inferno. Inicia-se uma viagem de aterrorizante ansiedade, pressão psicológica, medo de ser descoberto e compulsão por aquele pecaminoso prazer. Depois do primeiro acesso é bem difícil parar.

Por que a pornografia afeta meu casamento

Devido a todo mal que causa, naturalmente, o casamento é um dos primeiros a ser afetado. Esta prática atinge em cheio aos principais pilares do matrimônio. Isto significa que cai por terra a confiança, a segurança conjugal, a fidelidade e o respeito. Tudo isto antes que o cônjuge perceba o que se passa. A partir do momento que ocorre um flagrante a situação piora. A mulher sente-se desprezada, pouco atraente e humilhada. Muitas perdem até o estímulo sexual.

A pornografia afeta meu casamento – trazendo fatores prejudiciais

São muitos os fatores prejudiciais decorrentes da pornografia.

  • Destrói o respeito, a sensibilidade, o amor;
  • Pode levar a atos extremos como estuprar a própria companheira. A visão constante de tantos atos sexuais surreais e libertinos, provoca no homem reações pornográficas e violentas;
  • Destrói a autoestima;
  • Causa perda de atração um pelo outro;
  • Provoca disfunção erétil e/ou impotência masculina;
  • É motivo de vergonha, gera sentimento de culpa, remorso e o desespero de não conseguir parar;
  • As imagens permanecem muito tempo no subconsciente mesmo depois que a pessoa para;
  • O relacionamento conjugal e familiar fica inteiramente destroçado. Pode levar à separação e ao divórcio;
  • O cônjuge sente-se traído, abandonado e humilhado;
  • Perverte a prática sexual que é ato lícito abençoado por Deus, dentro do casamento. O sexo ganha a roupagem de prática suja e vulgar.
  • Leva muitas vezes à perda do emprego.

A pornografia afeta meu casamento? Não posso deixar que isto aconteça

É assim mesmo que deve pensar uma mulher que sofre este problema em sua casa. Não desista ainda. Lembre-se que o casamento foi idealizado por Deus e por ele é protegido.

Se este vício assombra seu lar. Arme-se com os instrumentos da fé e como boa cristãFortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do mal. (Efésios 6. 10,11)

Converse com seu companheiro e lembre a ele em primeiro lugar os valores cristãos. Em seguida dê-lhe apoio para pedirem ajuda se for o caso. Faça-o ver o quanto este vício prejudica sua família.

Ajude-o a sair desta compulsão. Mostre-lhe que à mercê deste vício ele fica sujeito ao descontrole de seus sentidos e emoções. E ainda põe em risco a felicidade de sua família. Convide-o a recomeçar uma vida de carinho, de união e de amor, sem a sombra da pornografia.

Quanto a seu companheiro, lembre-o que deve se esforçar ao máximo para fugir desta situação degradante. Ele pode:

  • Evitar ficar sozinho;
  • Usar de força de vontade para não acessar tais programas. Quando vier a vontade, tente desviar a mente para qualquer outra coisa. Saia. Faça um lanche com a esposa. Pratique um esporte como caminhada ou corrida. Ore;
  • Procure ajuda de um terapeuta familiar ou psicólogo. Um profissional irá ajudar bastante.

Faça acima de tudo prevalecer o amor. Pois conforme nos lembra nosso livro sagrado:

“O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;

“Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta”. I Coríntios 13:4-7

Leia também: Um ambiente familiar saudável

Author: Karla Costa

De BH/MG, casada, mãe de duas filhas, especialista em gestão de pessoas e de negócios.

Share This Post On
468 ad

8 Comments

  1. Parabéns…esse texto deveria ser lido relido pensado e repensando.

  2. para ser praticado.

  3. Oi bom dia
    Vim hj atrás de repostas para entender o que está acontecendo com minha família. Sou casada a 7 anos e amo muito meu marido, mas ele algumas vezes ja vem me desapontando, ja encontrei no celular dele varias imagens pornograficas que fazem com que eu me sinta um lixo…um nada…Eu realmente não sei o q fazer pq sabe estou cansada disso. ..nao sou objeto sexual, me sinto usada traida.
    Ele vem sempre com as mesmas desculpas…que me ama q isso não é nada que eu sou linda e perfeita. ..mas será q sou mesmo …então pq disso … sei q não sei o q fazer até quando vou aguentar …eu o amo tanto mas não quero viver minha vida sempre me sentindo rebaixada …como se a culpa de não ser como essas garotas todas tão cheias de maquiagem e silicone…fosse culpa minha. ..Não é por falta de conversarmos e eu dizer como me sinto…mas não demora muito la vou eu e pego ele de surpresa e começa tudo de novo. ..to cansada de chorar de me olhar no espelho e me odiar. ..to cansada de viver.

  4. Amiga Nataline, sei bem como vc se sente, pois estou tendo problemas serios comigo mesma por causa do meu namorado que tbm faz isso.

  5. Eu também estou cansada,o pior é ele achar que não tem problema.Me sinto traída, não consigo mais confiar, Tenho vontade de sumir

  6. Tenho uma bebê de 3 meses e tenho 8 meses de casada, meu marido não me procura, ele assisti filme porno 24 horas por dia , e isso tem feito com o que eu não sinto vontade de transar com ele, parece que ele esta ali só para ele se satisfazer, não me toca e nada disso , isso quando ele procura 1 x na semana e olhe lá, passa uma mulher na rua ele olha de cima a baixo, e isso tem me machucado tanto que acho que meu sentimento esta acabando , em tão pouco tempo . E quando a gente termina de fazer algo ele vai ao banheiro assisti mais filmes . eu estou totalmente sem vontade de fazer mais nada e nem conviver só por conta desses detalhes.

  7. Tambéme sinto da mesma forma meninas. É degradante!

  8. Olá… Sugiro que leia o artigo “Como fica o sexo após o Parto?”. Tenha um dialogo aberto com seu esposo, conduza a conversa de forma amorosa.
    Também posso indicar os livros que estão disponíveis no site, de primeira mão o LIVRO: Construindo um lar sustentável – Autor Nelson costa.
    Você pode adquirir através do link https://ambiente-familiar.lojaintegrada.com.br/
    Que Deus abençoe sua família.

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.