QUANDO O DIABO CORTA SEUS CABELOS

Juízes 16. 4-22 / versículo chave juízes 16.17

E descobriu-lhe todo o seu coração, e disse-lhe: Nunca passou navalha pela minha cabeça, porque sou nazireu de Deus desde o ventre de minha mãe; se viesse a ser rapado, ir-se-ia de mim a minha força, e me enfraqueceria, e seria como qualquer outro homem”.
Mulher de costas_vivabemcasada.com.br

O cristianismo demanda um estilo de vida distintivo, porém é difícil para muitos de nós sermos diferentes. Queremos ser aceitos, convidados, populares, parte de um grupo. Ainda assim, Deus nós pede para sermos separados em pensamento, palavras, e ações, dos pecados daqueles que ainda não o conhecem. Sansão também achou que sua separação era difícil. Ele quis aproveitar os prazeres que os outros homens tinham, mesmo que isso significasse se apaixonar por uma mulher filisteia!

Quando Sansão conheceu Dalila, ela parecia representar uma chance de felicidade que ele sempre havia buscado. Dalila, entretanto, não tinha esse amor por Sansão. Ela sabia que tinha poder para destruir Sansão e se preparou para isso. Repetidas vezes o pressionou para que contasse seu segredo. Sansão finalmente cedeu à persistência de Dalila e contou (16.17). Comprometeu seu chamado, cedeu àquela mulher enganadora, e acabou capturado e torturado.

Sansão entregou tudo por amor. Isso pode acontecer hoje, quando uma mulher não consegue lidar com as implicações de ser solteira e não permite que o Senhor satisfaça sua necessidade de amor. Comprometer sua fé é, em essência, permitir ao Diabo uma grande oportunidade de “cortar seu cabelo”!

Deus chama todos os cristãos, tanto homens como mulheres, para estarem separados do pecado. Nós devemos ser diferentes, maravilhosamente distintos. E mais, Deus nunca nos chama sem nos oferecer o poder para fazer aquilo que ele nos pede que façamos: “Fiel é o que vos chama, o qual também o fará” (I Ts 5.24). Nenhum relacionamento com qualquer outra pessoa deveria nos levar a perder nossa distinção como cristãos. Deus é suficiente. Ser solteira e separada do pecado é muito, muito melhor que ser casada com alguém que pode um dia “cortar seus cabelos”!

leia também: A CASA DO CASAMENTO

Author: Karla Costa

De BH/MG, casada, mãe de duas filhas, especialista em gestão de pessoas e de negócios.

Share This Post On
468 ad

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.