Uma Mulher Enferma

Flor Amarela_vivabemcasada.com.br 

Lucas 13. 10 – 17 / versículo chave 11,12

11 E eis que estava ali uma mulher que tinha um espírito de enfermidade, havia já dezoito anos; e andava curvada, e não podia e modo algum endireitar-se. 12 E, vendo-a Jesus, chamou-a a si, e disse-lhe: Mulher, estás livre da tua enfermidade.

 

Somente Lucas menciona essa mulher, que passou dezoito anos olhando para o chão, incapaz de andar ereta, ou sentar-se, ou de até mesmo de esticar suas costas recurvadas. Jesus e seus discípulos estavam passando por sua cidade, na Peréia, no caminho entre Galiléia e Judéia, e entraram na sinagoga num sábado, para ensinar.

Jesus sentiu profunda compaixão pelo drama daquela mulher. Ele a tocou, e ela foi curada. Quando o chefe da sinagoga o repreendeu por realizar a cura, desrespeitando a lei do sábado, Jesus expôs com veemência a incoerência daqueles homens, que levaria um boi para beber água num sábado, mas se opunham de uma sofredora.

É muito singular que Jesus se refira a ela como uma “filha de Abraão”,já que, normalmente só se falavam nos “filhos” de Abraão. Jesus deu àquela mulher humilde uma posição de honra diante daqueles altivos religiosos, ao afirmar que ela também pertencia à família de Abraão.

Depois do terno toque de Jesus, aquela “filha de Abraão” esticou as costas, alcançou sua plena estatura e, diante dos filhos de Abraão (que talvez estivessem de cabeça baixa, de tanta vergonha), levantou a fronte pela primeira vez em dezoito anos para a glória de Deus. Não há nada que honre mais o Salvador do que um coração de gratidão e um espírito de adoração.

Leia também: Um bom começo para fazer a vontade de Deus é abrindo mão da sua

Author: Karla Costa

De BH/MG, casada, mãe de duas filhas, especialista em gestão de pessoas e de negócios.

Share This Post On
468 ad

1 Comment

  1. Gostei do teu artigo, muito legal seu ponto de vista. Eu tenho um site sobre este mesmo tema, acesse ele mais tarde. Abraços!

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.